Fenias Azarias Sitoe – JC de Maxaquene/Moçambique

Chamo-me Fenias Azarias Sitoe, tenho 24 anos de idade. Sou membro e dedico no Johrei Center Maxaquene, como encarregado das hortas caseiras.

No dia 1 de Maio do corrente ano, o missionário integrante do Johrei Center entrou de férias. Os responsáveis entraram em contacto comigo a pedir para eu ficar a dedicar no lugar dele, junto com os outros membros. Mas, os membros que foram escolhidos não vinham de acordo com o horário estabelecido e a escala marcada. Comecei a lamuriar muito, não dando lugar a gratidão. Contudo, fiz uma reflexão e vi que era uma grande oportunidade para o meu crescimento espiritual.

A experiência de fé que tenho a compartilhar com os Irmãos está relacionada com o cumprimento das práticas básicas da fé Messiânica.   

 O missionário que dedicava no Johrei Center Central passou a dedicar junto comigo, o que deixou-me muito alegre e pude aprender bastante com ele.

Mas os meus irmãos não ficaram satisfeitos com esta dedicação, porque o nosso pai estava de baixa no hospital Central. Graças a Deus, com a dedicação e oração na igreja,  depois de uma semana ele recebeu alta. Ele ligou-me e pediu apoio monetário para prosseguir com os seus tratamentos. Comprometi-me em arranjar o dinheiro mas sem certeza de onde viria. Continuei a dedicar e a ter muita gratidão por tudo que estava acontecendo.

Sonhei com os meus antepassados a alertar-me que devia pagar o dinheiro que devia às pessoas. Acordei e fui a igreja agradecer porém, não tinha ideia de como pagar estas dívidas, porque era muito dinheiro.

Mas como Deus é bom, mesmo nesta fase de pandemia consegui um trabalho, que não esperava, e a ganhar valores que me ajudaram a pagar todas as dívidas!Consegui também comprar um celular moderno para assistir os cultos em sintonia com a Sede Central de África e fiz o meu dízimo corretamente. Quando paguei as dívidas, meu pai recuperou a saúde, até ao ponto de conseguir movimentar-se com facilidade e até consegue passear, o que não acontecia há muito tempo. Graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama.

Porém, quando meu pai recuperou, a minha tia materna contraiu AVC tendo perdido a fala e os movimentos. Assim, a minha família dizia: ‘’Chamem o Fenias para fazer oração e cuidar integralmente dela! “. Fiz uma reflexão e preferi manter a dedicação na igreja para ganhar força espiritual e dar assistência a ela.

Com a assistência religiosa durante 1 semana, ela já conseguia mexer os seus braços e começou a falar. Na segunda semana, ela já sentava e já se alimentava bem. Pede-me sempre flores de luz e sempre que estou na sua casa fazemos oração em sintonia com a Sede Central da África as 10:00horas e as 17:30 horas.

Todos os meus familiares não esperavam que a minha tia fosse sobreviver, pois ela tinha apanhado paralisia geral. Mas, com a Graça de Deus e do Messias Meishu-Sama, ela recebeu uma nova vida.

Com esta experiência fé, aprendi que devemos sempre confiar em Deus e no Messias Meishu-Sama pois eles nunca nos abandonam. Porém, só podemos atingir esta compreensão cumprindo com as praticas básicas da fé!

Neste período de pandemia fiz 8 hortas na casa de 4 membros e 4 frequentadores. Este ano expandi a minha horta caseira ocupando o quintal todo e  plantei tomate, couve, couve china, alface, batata-doce, manjericão, chá balacate, flores, cebola, papaia, salsa e batata rena. Gostaria de ressaltar que este foi o primeiro ano que eu não passei fome e a minha saúde melhorou muito, a ponto de não ter mais dor de estômago há 4 meses. A minha produção foi de tal ordem que distribuo para os vizinhos, e estou a preparar os canteiros para fazer horta na casa de 3 vizinhos.

O meu compromisso é de me esforçar cada vez mais na obra Divina, cuidando das pessoas e encaminhando-as para o caminho da Salvação!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados pela permissão de conhecer o caminho da salvação!

Muito obrigado!

41 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Ensinamento | Estudo Diário