EUGÉNIO VITA BUNGA – NJ ÚIGE – ANGOLA

Chamo-me Eugénio Vita Bunga, sou frequentador e candidato para outorga. Dedico como encarregado da rede de salvação no Puri.

Conheci a Igreja Messiânica Mundial de Angola, no dia 02 de Fevereiro de 2018, por intermédio de um irmão missionário por quem tenho profunda gratidão.

Os motivos que estiveram na base do meu encaminhamento na fé foram doenças e Conflitos familiares.

Durante 10 anos, padeci com problemas de dores de cabeça, hipertensão, insónias, conflitos familiares e amnésia temporal.

Na procura de solução, juntamente com familiares, percorremos casas de curandeiros e kimbandeiros, onde gastamos avultadas somas em dinheiro, sem obter os resultados desejados.

Em fevereiro de 2018, trabalhava no hospital geral do Puri como contratado nas funções de Chefe adjunto dos serviços gerais. Sempre que procedesse ao fecho das actividades administrativas, depois de controlar e fechar as portas, por muitas vezes esquecia-me de retirar as chaves deixando-as nas respectivas portas, o que levava os meus colegas a questionar o meu comportamento. Esse facto chegou aos ouvidos do Director administrativo do referido hospital, o qual chamou-me e pediu que conversássemos na sua residência. Lá, senti-me seguro, como se estivesse em minha casa o que fez que abrisse meu coração e contasse os meus problemas pessoais. Posteriormente, convidou-me a que fizéssemos uma oração ao que aceitei imediatamente.

No fim da conversa, orientou que eu passasse a cuidar do jardim e da casa protocolar onde ele morava. Passou a ministrar-me Johrei todos os dias. De realçar que, na primeira vez que recebi Johrei, dormi como nunca mais tinha acontecido há 10 anos. Convidou-me a conhecer a Igreja Messiânica, tendo sido recebido pelo plantonista que me orientou as práticas básicas da fé Messiânica.

Cumpri com as orientações sem dificuldades, e a partir do momento que me dispus a praticar a fé messiânica, os problemas que me afligiam foram solucionados, graças a Deus e a Meishu-Sama!

A experiência de fé que vou partilhar com os senhores, está relacionada com a prática de distribuição de flores e assistência religiosa nas casas dos frequentadores na rede da salvação.

Para me tornar útil à Deus e ao próximo, tenho me empenhado na distribuição de flores e assistência religiosa à outras pessoas que estão a sofrer, sem conhecer o caminho de resolução.

Fruto deste empenho, passo a relatar a transformação verificada na vida de um frequentador de 41 anos de idade, funcionário do hospital municipal do Puri, que há meses vinha pedindo férias e não era atendido pelos seus superiores. O mesmo fazia o uso excessivo de bebidas alcoólicas e apresentava uma fisionomia desfigurada e sem brilho. No mês passado, dei-lhe o ensinamento de Meishu-Sama e passou a ler. No passado dia 04 de Outubro assisti a casa dele e já o encontrei com a fisionomia serena e com algum brilho. Realizamos a limpeza profunda em sua casa e adornamos a mesma com flores. Dois dias depois, ligou-me muito feliz dizendo que obteve permissão para tirar férias e estava a preparar-se para ir à cidade do Uíge para dedicar no terreno do futuro Centro de Aprimoramento.

Aprendi com esta experiência de fé, que a limpeza profunda nas casas abre o caminho para a felicidade.

Cuido de 19 casas de frequentadores, tenho a horta caseira, faço o dízimo, donativo de construção e o donativo diário de gratidão.

O meu compromisso é de me tornar membro para continuar seguindo este caminho, servindo a Deus e a humanidade, me tornar um instrumento útil para a Obra Divina e participar da construção do primeiro Protótipo do Paraíso da África, o Solo Sagrado de África.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados pela permissão de dedicar nesta Grandiosa Obra!

A todos que partilharam da minha experiência de fé, os meus sinceros agradecimentos!

 

104 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário