Adão Calei – NJ Cambamba – Luanda

Chamo-me Adão Pedro Calei, sou missionário e dedico como Encarregado do Grupo Terra.

A experiência de fé que passo a partilhar com os senhores, está relacionada com a ingratidão!

No princípio, empenhava-me bastante, participando das actividades de jovens na unidade e a nível regional. Participava das campanhas de limpeza nas casas dos fiéis, nas ruas, distribuição e vivências da flor, como também materialização dos meus donativos.

Em 2019, ganhei a permissão de conseguir um emprego e comecei a trabalhar. Dessa forma, achava que já não tinha tempo para dedicar, caí na ingratidão, parei de fazer os donativos e de participar nas dedicações.

Pouco tempo depois comecei a ter conflitos no local de serviço com os meus chefes e colegas, bem como conflitos familiares, situação que antes não acontecia. Como se não bastasse, passei a ter insónias e o meu salário já não chegava para quase nada, não conseguindo então concretizar os meus objetivos. Comecei a purificar com febres intensas, era um sofrimento atrás do outro.

No final de 2020, procurei o meu superior, a quem relatei todo o sofrimento que estava a passar. Fui orientado a voltar ao ponto de partida da fé. Aceitei, mas não coloquei em prática, tornando as minhas purificações ainda mais severas. Procurei uma vez mais o superior que deu-me a mesma orientação. Dessa vez decidi cumprir, começando pelo dízimo e donativo de construção.

Alguns meses depois, ao chegar ao local de serviço, recebi a notícia de que seriam despedidos alguns trabalhadores. Aflito, procurei um dos meus chefes, com quem conversei e este tranquilizou-me dizendo que não me preocupasse, pois, a lista já estava feita e que tivesse fé. Daí, fui agradecendo e continuei a aprofundar nas práticas básicas. Com isso, recebi as seguintes graças:

  • Os conflitos laborais e familiares foram ultrapassados;
  • Graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama, o meu nome não constou na lista de trabalhadores despedidos da empresa.
  • Ganhei a permissão de materializar um donativo especial de esforço máximo de construção do Solo Sagrado. Depois disso, a doença e os maus sonhos foram ultrapassados.

Aprendi que a ingratidão é a causa do nosso insucesso e que devemos ser obedientes no cumprimento das orientações superiores!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados pela permissão de ter conhecido e ingressado neste maravilhoso caminho da salvação!

Muito obrigado!

101 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário