Rebelina Tchimuco – JC Benfica – Luanda

Chamo-me Rebelina Vassumala Tchimuco e dedico como encarregada da sociedade de senhoras.

A experiência de fé que passo   a relatar, está relacionada com a dedicação no Solo Sagrado de Cacuaco e a dedicação do  Grupo Lua.

Após terem recomeçado as dedicações do Grupo Lua, participei da campanha de limpeza nas casas dos fiéis do Johrei Center do Futungo. No  mesmo dia, recebi o telefonema de uma sobrinha que chegou do Sumbe, precisando falar urgentemente comigo.

Assim, fui ao encontro dela, onde a encontrei aflita e, chorando, desabafou :  ” Tia, desde que me casei, já lá vão 4 anos e não consigo engravidar! Fiz todo tipo de tratamento, fui até à África do Sul mas, não obtive nenhum resultado e por isso já não sei o que fazer!”.

De realçar, que esta sobrinha antes de casar, com o consentimento do marido, provocou três abortos e desde então nunca mais engravidou,  fazendo com que, por esse motivo, o marido se separasse dela. Depois de lhe ouvir, disse-lhe o seguinte:” Sobrinha, nada  disso tudo que estás a passar é mera coincidência! Tudo tem uma causa e ela está dentro de ti!”.

Fiquei por lá dois dias e neste período, fiz a limpeza profunda do recinto, onde todos participaram.

Enquanto lá estava, tive um sonho onde se manifestou o espírito de um dos abortos dizendo o seguinte:” Porque é que a mamã está sempre a lamentar? Ela sabe o que fez! A nossa irmã caçula só desmamou este ano e é por isso que ela não engravida mas, ela tem que receber Johrei!”. Depois, pediu que se materializasse um donativo, tendo definido o valor. . Ao despertar, contei o sonho  à minha sobrinha, agradecemos e materializou-se o donativo.

Poucos dias depois, regressou ao Sumbe e quando lá chegou, começou a purificar com tensão alta e quando informaram-me agradeci e fui ministrando Johrei mentalizando-a, até que melhorou. No Sumbe, ela continua a frequentar a Igreja, embora com algumas dificuldades por causa da distância. Ela já voltou com o marido e hoje vivem felizes!

– Com a dedicação no Johrei Center do Cabolombo, tive um outro sonho no qual apareceram vários carros cheios de antepassados onde desceu uma jovem dizendo: “Rebelina, estou cansada de tantas pancadas!”.  Perguntei-lhe de que linhagem era, e respondeu: “Sou da linhagem do Dani!”. Ele é o filho da Tabita, a membro que encaminhei. Assim, continuou: “No dia que se fez a contribuição para o Solo Sagrado de Cacuaco, saí do inferno e encostei no Dani! Agora, quero ir embora e preciso de pão e ginguba torrada, para o meu sustento durante a viagem!”. Ao despertar, procurei a mãe do jovem, contei-lhe o sonho e orientei-lhe que se materializasse o donativo conforme havia sonhado .Depois de termos materializado o donativo, naquela noite, ela sonhou com o mesmo espírito a lhe dizer que já ia embora, pois sua missão havia terminado. Ela foi até o quarto do filho e viu que ele estava a convulsionar, o que durou aproximadamente 1 hora. Desde os 6 meses de idade que o seu filho Dany sofria com epilepsia. Hoje, ele tem 20 anos. Depois disso, ele não teve mais nenhuma crise e já anda sozinho até para ir à igreja.

– Uma frequentadora que tinha problemas mentais e ouvia vozes, depois que passei a cuidá-la, o seu quadro melhorou consideravelmente.

– Outras duas frequentadoras, não conseguiam engravidar e uma delas o marido não trabalhava. Depois que começaram a receber Johrei, conseguiram conceber e o esposo que não trabalhava, ganhou a permissão de ter um emprego.

Aprendi com estas experiências, que devemos receber todas as orientações com gratidão e  toda a dedicação feita com amor, salva os Antepassados!

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, pela oportunidade de conhecer este caminho da salvação!

Muito obrigada!

159 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário