Aline Olímpio – JC Camama – Região Sul

Chamo-me Aline Rafaela Alves Olímpio, sou membro e dedico como Assistente da Locução.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com a distribuição de flores na escola.

O ano lectivo 2021/2022, deu início em Setembro de 2021 e por causa da timidez, sempre tive dificuldades em falar com os meus colegas e professores, passando a ter muitas dúvidas com relação às matérias. Entretanto, em Outubro de 2021, através de uma aula de vivência da flor no Johrei Center, nasceu-me o sentimento de distribuir flores aos meus colegas; com este sentimento, materializei um donativo e no mesmo dia tive a permissão de levá-las, fazendo uma ótima distribuição de flores na escola.

Ao chegar à casa, após a oração das 21h, pus-me a pensar na dedicação e cheguei a conclusão de que, não poderia parar com aquela dedicação pois pude ver a alegria no rosto dos meus colegas por terem recebido as flores. Mais tarde, pedi orientação à Professora do Sanguetsu, que me orientou a trocar a Ikebana da minha sala de três em três dias. Graças a essa dedicação e a orientação cumprida, houve uma grande diferença, pois hoje, já consigo falar com os meus colegas sem medo, como também de tirar as minhas dúvidas e ser mais participativa nas aulas.

Com estas graças, ganhei mais forças para continuar com a dedicação, saindo da minha zona de conforto, preocupando-me mais com os outros; tenho levado flores para o Diretor Geral, para a Diretora Pedagógica, para os Professores e para a Psicóloga da escola. Os mesmos elogiaram o meu gesto, alegando que nunca tinham visto tamanho gesto de amor e que ninguém nunca havia feito aquilo.

Após um mês, chegou-me a informação de que haveria eleições para a nomeação da nova associação da escola. Assim que me chegou esta informação fui logo falar com os meus colegas e alguns concordaram comigo em formar uma nova associação dizendo eles, que eu deveria ser a presidente, pois transmiti-lhes certa tranquilidade e objetividade. Unimo-nos com os alunos de uma outra sala; no princípio, tive muita dificuldade em socializar-me, mas, mantive a calma e abri-me com eles, dando as minhas ideias e propostas.

Em menos de uma semana, já tínhamos a associação organizada e seus departamentos já estavam criados. Foi assim que decidi com a permissão dos meus parceiros, nomeá-la de ASVE (Associação Social Verde Escola) em que o A significa altruísmo, o S sanidade, o V virtude e o E significa empatia.

Em poucos dias, já tínhamos um concorrente, facto que deixou os meus colegas um pouco agitados e inseguros; preferimos manter a calma, prometendo jogar a limpo acima de tudo. Não tínhamos ideias sobre o que fazer na nossa campanha, então naquele momento lembrei-me que sou Messiânica e que existe o belo, existe a flor.

Então disse aos meus colegas para não se preocuparem, pois na nossa campanha iríamos fazer distribuição de flores; eles espantados, disseram-me que não conseguiria fazer 200 flores a tempo, mas como estava na Sede Central, pedi ajuda a uma professora do Sanguetsu que se prontificou em ajudar-me. Recebi as flores e após fazer a oração para pedir permissão para a dedicação do dia seguinte, voltei para casa e uma vez mais agradeci ao Supremo Deus e ao Messias Meishu-Sama.

Na escola, com os meus parceiros, realizamos a distribuição de flores com muita alegria e tranquilidade. Ao chegar à casa agradeci mais uma vez, pois só nos restava esperar os resultados que seriam revelados em três dias.

Passaram-se então os três dias e com a permissão do Supremo Deus e do Meishu-Sama, conseguimos ganhar as eleições, tornando-nos a nova associação do colégio, o que deixou-nos muito felizes. Encontrava-me com notas muito razoáveis e as mesmas não passavam dos 15 valores; agradeci, continuei com a distribuição de flores e graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama, as minhas notas subiram bastante e hoje variam entre os 17 e 20 valores.

Com essa experiência de fé, aprendi que para sermos felizes devemos primeiramente fazer as pessoas ao nosso redor feliz.

Reforço o compromisso de servir à Obra Divina, empenhando-me ao máximo na missão de auxiliar na locução e em qualquer outra dedicação que tiver a oportunidade de realizar.

Agradeço a Deus, a Meishu-Sama e aos meus Antepassados pelos aprendizados e as graças recebidas.

Muito obrigada!

81 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário