João Jacques – R. Salvação Mapulene – Moçambique

Chamo-me João António Jacques, sou membro e dedico na Rede de Salvação de Mapulene.

A experiência de fé que passo a relatar, está relacionada com a importância do donativo de gratidão.

Sou viúvo desde 2012 e desde então, venho cuidando dos meus dois filhos, que são membros desta igreja. Em 2014, o meu filho foi viver em Quelimane onde terminou o ensino médio e iniciou o ensino superior. Em 2018, a minha filha mais nova iniciou o ensino superior. Durante esse período, tive que arcar com as despesas das duas faculdades com o auxílio da minha cunhada. Como as despesas eram superiores ao meu rendimento mensal, tive que fazer alguns sacrifícios, e assim reduzi algumas despesas pessoais. Da nossa horta caseira, saía uma boa parte dos alimentos, reduzindo assim os gastos com a alimentação.

Trabalho em turnos, mas procurava não falhar com as minhas dedicações na Rede de salvação, onde estou a cuidar de um frequentador e a participar dos cultos.

Também nunca deixei de fazer os meus donativos correctamente e fazia-os sem sofrimento. Consegui receber o Altar do Lar em 2016.

O meu filho terminou o ensino superior e retornou de Quelimane; nessa fase, já não usava o Ohikari há 3 anos e não queria voltar à igreja. Contudo, estava com dificuldades para encontrar um emprego, situação que o deixava muito preocupado. Em casa, procurava conversar com ele para voltar a dedicar, ministrava-lhe Johrei e pedia para participar dos cultos em casa.

Ele foi atendido por uma missionária, que lhe pediu que fosse à igreja diariamente para dedicar na limpeza, receber Johrei e fazer o donativo de gratidão diário. Ele procurou cumprir pelo menos 3 vezes por semana, durante 2 meses, conseguindo encaminhar a namorada.

Graças a Deus e ao Messias Meishu-Sama, no mês de Maio conseguiu uma oportunidade de emprego, através de uma tia, onde já assinou o contrato de trabalho e está a preparar-se para materializar um donativo de gratidão. Actualmente, os dois rapazes  estão a trabalhar e a minha filha está a finalizar a sua licenciatura.

Com esta experiência de fé, aprendi que não há coisa melhor que confiar em Deus e no Messias Meishu-Sama.

O meu compromisso é continuar a dedicar na Obra do Messias Meishu-Sama e sempre procurar agradecer por tudo.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, pela permissão de conhecer este caminho da salvação.

Muito obrigado!

60 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário