Josefa Maria – NJ Soyo – Região Norte

Chamo-me Josefa José Maria e sou frequentadora desde maio do corrente ano.

As razões que me levaram a conhecer a Igreja Messiânica Mundial, foram: conflitos, homem noturno e maus sonhos.

No meu primeiro relacionamento, o marido separou-se de mim porque, além de não gerar filhos, vinha sendo usada por homem noturno. Em meio a este sofrimento, contraí outra relação onde felizmente engravidei e dei a luz um menino que hoje tem 5 anos de idade.

Mais tarde, vim a ficar novamente grávida, mas, infelizmente a criança veio a falecer na barriga, tendo que ser submetida a uma operação cirúrgica. A partir de então, nunca mais consegui engravidar. Para tentar resolver este problema, fui forçada a recorrer a vários tratamentos hospitalares e tradicionais, perdendo a conta dos lugares que frequentei e tão pouco dos valores que gastei sem obter resultados satisfatórios. Esta situação, agravada com a presença diária do homem noturno, criava conflitos, pois, nos momentos em que ele me usava, o marido dava conta e interpretava de forma muito negativa.

Certo dia, no mês de Maio do corrente ano, quando uma equipa de fiéis da Igreja Messiânica realizava uma marcha de distribuição de flores no bairro, a líder do grupo, ao conversar comigo sobre a missão da Igreja Messiânica, falei-lhe sobre os meus problemas, no que, convidou-me a conhecer a rede da salvação. Frequentei alguns dias, mas acabei por desistir porque não acreditava que o meu problema ficasse resolvido com um simples levantar de mão, comparado aos esforços feitos nos hospitais e tratamentos tradicionais sem solução. Em casa, a situação piorava de dia para dia, ao ponto de o marido criar condições para querer abandonar a casa. Aflita e sem saber como evitar, decidi procurar novamente a Igreja e participar das actividades. Duas semanas depois de voltar a cumprir com as orientações básicas, ganhei a permissão de participar de uma marcha de Johrei no Núcleo, numa quarta-feira. Durante a noite desse dia e nos dias a seguir, o homem noturno nunca mais me incomodou, deixando, portanto, de aparecer, dando fim assim, ao calvário de dezoito anos que me atormentava. Para agradecer, materializei um donativo especial de gratidão. O meu marido emocionado com o milagre que trouxe paz às nossas vidas, diariamente se preocupava, caso notasse que não fui à igreja.

Aprendi que, por mais difícil que seja o problema, devemos confiar entregando tudo nas mãos de Deus e deixar que a Sua vontade se concretize.

O meu desejo, é de me tornar membro na próxima outorga, para poder levar a luz do Messias à vida das outras pessoas. Encaminhei e estou a cuidar de 2 pessoas.

Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama e aos meus Antepassados, por me terem mostrado este maravilhoso caminho da salvação.

Muito obrigada!

93 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário