O Que é a Verdadeira Salvação – Palestra – 4ª Parte

(…) Até agora não se conhecia o espírito, ou ainda, sua existência era menosprezada. É uma questão de alma que o Sr. Tokugawa(36) mencionou há pouco. A atuação da alma é algo muito forte, muito grande.

Ontem, fui visitado por uma pessoa que eu não via há cerca de um ano. Apesar disso, anteontem, sua imagem veio à minha cabeça, e pensei: “Como ela estará passando?” No dia seguinte, como ela veio me visitar, eu disse para mim mesmo: “Ah, o espírito dela veio antes!”

Digamos, por exemplo, que o Sr. Tokugawa pense: “O Sr. Matsunami tem escrito muito.” Então, este sonen(37) vai até o Sr. Matsunami, entra em seu corpo e se aloja em sua cabeça. Aí, a imagem do senhor Tokugawa vem à mente.

É como se você pensasse em alguém e ele aparecesse. Em suma, isso é o elo espiritual, que, neste caso, é o fio condutor do sonen. É muito interessante interpretar as questões amorosas por meio da atuação dos elos espirituais. Todavia, no momento, meu objetivo não são as questões amorosas. O assunto se tornará mais claro para os senhores

se ingressarem na nossa fé. O amor é muito bom, mas as paixões desregradas quase sempre acabam em tragédia. A melhor maneira de compreender tudo isso é conhecer o lado espiritual e a existência dos elos espirituais. Isso merece toda a nossa atenção, pois tem relação com vários problemas e situações da sociedade. É dito que, por trás dos problemas, sempre há mulheres. Ou ainda, que por trás de um incidente, sempre existe uma mulher. Na verdade, isso se refere às paixões desenfreadas. Se compreendermos isso, será possível eliminar grande parte das tragédias e dos males sociais, mas vamos deixar este assunto por aqui.

Conforme eu estava dizendo há pouco, a questão é o espírito. No momento em que as nuvens espirituais começarem a ser purificadas para corresponderem à claridade, se isso se restringir a doenças, ainda estará bom. Caso contrário, se esse processo se intensificar, dentre outras coisas, as pessoas não resistirão e acabarão morrendo. O fato de a doença vir aos poucos é bom. Se viesse de uma só vez, seria fatal. O Juízo Final é isso. Por essa razão, pouco a pouco, o Mundo Espiritual vem clareando. Se ocorresse de uma só vez, as criaturas perderiam suas vidas. Haveria mortes em massa. Deus quer evitá-las e, por conseguinte, manda avisos. É vontade d’Ele que a humanidade seja avisada e salva. E Ele me ordenou que fizesse isso. E é o que estou realizando.

Buda Sakyamuni e Jesus Cristo fizeram profecias como “a chegada do Reino dos Céus”, a vinda de um mundo melhor. Eles foram os profetas, e eu sou o realizador. Deus me ordenou que eu realizasse essa profecia, ou seja, que eu construísse o Paraíso Terrestre, isento de doença, pobreza e conflito. Entretanto, eu não preciso empreender qualquer esforço, pois não sou eu que faço, é Deus que providencia tudo. Cabe a mim realizar as coisas que se mostram à minha frente. Isso é muito fácil, mas exige uma enorme responsabilidade. Provavelmente, em toda a história da humanidade, não houve ninguém incumbido de uma missão maior que a minha. Dessa maneira, as profecias de Jesus Cristo e Buda Sakyamuni começam a fazer sentido; se elas não tivessem possibilidade de ser concretizadas, seriam falsas. E falsas profecias significam mentiras. (…)

Palestra de Meishu-Sama no Hibiya Public Hall,

Tóquio 22 de Maio de 1951

Alicerce do  Paraíso vol. 1

(36) Musei Tokugawa (1894–1971), escritor e radialista japonês.

(37) Sonen: Palavra japonesa comumente traduzida como “pensamento”, a qual não se limita ao ato de pensar racionalmente. Seu significado abrange o sentimento, a vontade e a razão.

122 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário