O Tratamento Natural

O ser humano foi criado por Deus. É sua obra-prima e, entre todas as coisas do Universo, não há nada que se lhe possa comparar. Segundo a Bíblia, ele foi criado à imagem e semelhança de Deus, o que é uma verdade inegável.

Consequentemente, é impossível para a ciência compreender inteiramente a misteriosa constituição do ser humano. Quando muito, ela o conhece apenas superficial ou parcialmente; assim, é impossível afirmar se levará milhares de anos para desvendá-lo ou se nunca o fará. Pensemos com calma. O funcionamento do corpo; a sutileza da ação da vontade-sonen(90); a manifestação dos sentimentos de alegria, ira, tristeza ou prazer; a sensibilidade do sistema nervoso, que reage até mesmo à picada de uma pulga; a capacidade de transmitir nossa vontade e distinguir o sabor dos alimentos por meio da língua; a misteriosa diferença nas fisionomias de 1,8 bilhão de habitantes do globo terrestre, cujo rosto não mede mais que um palmo. Só estes exemplos já são suficientes para que louvemos o poder do Criador do Universo. Principalmente em se tratando do mecanismo de reprodução, o mistério que envolve o processo de criação de um ser humano é realmente inexprimível em palavras. É natural que a ciência não consiga desvendar o mistério da vida, pois o ser humano não é criação sua, como os robôs.

A esse respeito, talvez alguém diga: “A temível varíola não foi solucionada com a vacina?” De acordo com a revelação de Kannon, há alguns milhares de anos, na verdade, não existia a varíola. Ela surgiu para purificar os pecados e as impurezas da humanidade e, por essa razão, constitui uma espécie de acerto de contas. A vacina é uma forma de se esquivar dessa purificação e, portanto, trata-se de um procedimento inadequado. Devido a isso, a saúde das pessoas está se debilitando, e sua vida está sendo seriamente encurtada. Por conseguinte, o prejuízo é muito maior do que contrair varíola. Mesmo nos dias de hoje, se as pessoas viverem corretamente, sem infringir as leis dos Céus, não há por que contraírem varíola, mesmo que não tomem vacina. Todavia, raramente existem pessoas tão perfeitas assim, por isso, até à concretização do Mundo da Luz, creio que o uso de vacinas seja inevitável. Logo que o referido mundo se concretizar, as doenças contagiosas e graves desaparecerão sem deixar vestígios e restarão, apenas, por exemplo, o resfriado e a diarreia.

Quando a pessoa adoece, imediatamente inicia-se dentro dela uma grande atividade destinada a eliminar a doença. O organismo começa a produzir o próprio medicamento. É como se o corpo humano contivesse um grande laboratório farmacêutico com um doutor em medicina. Quando ocorre a invasão da impureza chamada doença, esse doutor do interior do corpo, no mesmo instante, faz um diagnóstico, solicita ao farmacêutico a preparação dos medicamentos e inicia o tratamento incontinenti. Uma vez que os equipamentos e os medicamentos são excelentes, realmente, a cura é eficiente. Se comemos algo tóxico, o laboratório existente dentro do corpo imediatamente produz um laxante para provocar a diarreia e eliminá-lo. Quando ocorre a invasão de bactérias nocivas no organismo, é realizado um tratamento por meio da febre, que é uma grande ação bactericida. Na ocorrência de uma intoxicação, produz-se uma reação na pele para expulsá-la e, por meio da febre e da coceira, procura-se neutralizá-la, a fim de que ela não atinja os órgãos internos. Dependendo do tipo da intoxicação, os rins entram em intensa atividade, processando uma limpeza com água, fazendo com que as toxinas sejam eliminadas pela urina.

Quando se inspira uma grande quantidade de poeira, esta é eliminada, por exemplo, na forma de escarro. De fato, o corpo humano é de uma habilidade extraordinária. Por isso, em geral, as doenças se curam naturalmente, sem necessidade de interferências. Entretanto, por desconhecimento deste princípio, as pessoas recorrem aos medicamentos e aos tratamentos desenvolvidos pela ciência, que causam, além dos sérios obstáculos ao processo de cura natural, o prolongamento da doença.

Caro leitor, para comprovar isso, da próxima vez que ficar doente, deixe que a doença siga seu curso natural, sem interferir. E verá que o restabelecimento será surpreendentemente rápido e completo.

Caso faça essa escolha, deve-se respeitar a vontade do corpo. Portanto, se quiser ficar deitado, deite; se quiser se levantar, levante-se; se quiser caminhar, caminhe; se quiser comer, coma – caso contrário, aguarde o apetite voltar, podendo ficar sem comer por até dois ou três dias. Se tiver febre alta, pode até usar bolsa d’água em temperatura ambiente, sendo que o melhor é evitar, o máximo possível, interferências.

Procedendo assim, quaisquer que sejam as doenças, a cura se dará de forma realmente satisfatória.

Ao incentivar o tratamento natural, não quero dizer que a medicina seja totalmente desnecessária. Nela, há áreas que nos são úteis, como a bacteriologia; a higiene; a cirurgia em tempos de guerra; a odontologia; a ortopedia etc.

1935

Alicerce do Paraíso vol. 3

 

96 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário