Ambiciosos sem Ambição

Vou falar a seguir sobre a pessoa sem ambição e não sobre a pessoa má* . Ao me referir a pessoas sem ambição, o leitor poderá achar estranho, por isso vou explicar de forma compreensível a todos. Ao observar a sociedade atual, constato que existe um grande número de ambiciosos, embora, na verdade, sejam todos sem ambição. O fato de serem ambiciosos sem ambição é estranho, mas na realidade, trata-se de pessoas que só pensam em lucrar temporariamente e não percebem que, depois disso, passarão a ter prejuízos. No início, elas proferem mentiras bem arquitetadas. Todavia, como a mentira é sempre revelada, acabam perdendo totalmente a confiança dos outros.

Quanto mais hábil for o mentiroso, mais tempo levará para ser descoberto. Por esse motivo, durante algum tempo, ele pode pensar que se saiu bem; no entanto, a verdade sempre vem à tona. Criaturas assim caem na ilusão de que jamais serão desmascaradas e, por esse motivo, não se corrigem e continuam a se empenhar em enganar as pessoas. Obviamente, não acreditam na existência de Deus e, por estarem “moldadas” pelo materialismo, é difícil lidar com elas. Ao serem expostas, como toda a confiança depositada nelas cai por terra, enfrentam perdas incalculáveis, pois os outros não mais lhes dão ouvidos.

Em tais ocasiões, fico com pena dessas pessoas e ponho- me a pensar que, se tivessem agido honesta e corretamente desde o início, certamente seriam merecedoras de crédito e obteriam grandes lucros, ao invés das vantagens efémeras que tiveram. Por esse motivo, lamento e penso comigo mesmo: “Mas que pessoas sem ambição são elas?” Conclui-se, portanto, que essas pessoas são realmente desprovidas de ambição.

A maioria dos indivíduos da atualidade que estão em apuros financeiros ou cujos empreendimentos não vão bem, é por serem ambiciosos, mas do tipo sem ambição.

Seja como for, a pessoa deve conquistar, em primeiro lugar, a confiança de todos. Não há riqueza maior que esta. Da riqueza chamada confiança surgem “juros” sem limites, e mesmo que a sociedade esteja atravessando dificuldades financeiras, os “ricos” desta ordem nunca passarão apuros. É por isso que, de qualquer modo, devem acreditar na existência de Deus, que é invisível. Para tanto, só há um caminho: tornar- se um praticante da fé. Quem pratica a fé, é dono de um ilimitado tesouro: além de ser autenticamente feliz, é de facto profundamente ambicioso.

Jornal Kyusei nº 49, 11 de Fevereiro de 1950

Vol. 4

*Em japonês, a expressão yoku nai ninguen pode ser traduzida como “pessoa sem ambição” ou “pessoa má”. Por essa razão, Meishu-Sama fez o referido esclarecimento

1.088 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário