“…fui invadida pela gratidão à Deus e Meishu Sama por ter visto minha filha voltar à vida…”

🙎🏿‍♀️Kambimbi Mireill | Centro de Aprimoramento de Mokali

📍Kinshasa

🇨🇩República Democrática do Congo

Sou frequentadora. Conheci a Igreja Messiânica Mundial através de uma missionária, membro da igreja, em Agosto deste ano.

 Tudo começou com a doença de minha mãe. Ela sofreu de reumatismo e febres altas durante três semanas.

Como somos vizinhos do Centro de Aprimoramento, um dia, uma missionária ofereceu Johrei à minha mãe, que prontamente aceitou. No dia seguinte, perguntei a minha mãe como ela estava. Ela respondeu que havia passado melhor a noite. Eu disse à ela: “ As pessoas dizem que essa igreja pratica magia e feitiçaria, como ela pode te curar?

Minha mãe riu-se.

Na verdade, eu tinha medo da igreja por causa da oração em japonês e das flores que circulavam nas mãos dos fiéis. Quando passava pela unidade, nem queria olhar na direcção dela, eu me afastava o máximo possível do muro do Centro de Aprimoramento. Eu disse para ela: “Continue recebendo o Johrei. Se você melhorar completamente, eu também irei.” Depois de alguns dias, minha mãe ficou curada, as febres altas e as dores nas articulações desapareceram completamente.

 Quando vi esse milagre, aceitei ir à igreja, apesar de ainda ter medo, mesmo continuando a frequentar minha religião anterior. Ao conversar com a missionária, expus as seguintes dificuldades:

 – Eu não tinha paz e meus filhos estavam doentes.

 Quanto à falta de paz, devido à insegurança nos arredores de Kinshasa, eu, meu marido, minha mãe e meus seis filhos mudamos do lugar de onde estávamos cultivando para a cidade. Eu não estava tranquila por ter deixado todos os meus móveis e plantações para trás. Isso até causou-me emagrecimento.

Relativamente à saúde dos meus filhos, não estava boa, eles adoeciam regularmente, estávamos cansados de gastar dinheiro com seus tratamentos. Eles frequentemente sofriam de malária. Um sobrinho de três anos sofria de anemia desde o nascimento e quase todo mês precisávamos fazer transfusões nele.

 Depois de ouvir minhas dificuldades, a missionária me orientou:

 Que toda a família recebesse pelo menos dez Johrei por dia;

Fazer  oferta de gratidão pela purificação;

Fazer Limpeza na minha casa, na nave e nos banheiros da igreja;

Manter a flor de luz em casa.

 Fiz o esforço para seguir todas essas orientações. Eu recebia o Johrei com meus seis filhos, os missionários vieram limpar a casa, eu comecei a manter a flor de luz em minha casa e participar na limpeza da igreja e nas casas de outras pessoas. Eu materializei um donativo para agradecer pelas purificações.

 Ao me dedicar, notei várias mudanças em minha família, as quais passo a relatar:

 • Sinto paz no coração, esqueci até que deixei bens em outro lugar;

• A saúde dos meus filhos melhorou, quase não adoecem nos últimos quatro meses como antes;

• O meu sobrinho de três anos, que sofria de anemia, não precisa mais de transfusões desde que começou a receber o Johrei;

• Outra bênção que recebi diz respeito à minha filha mais nova de cinco anos. Ela sofreu com febres altas por cinco dias, bronquite e tosse intensa. Parou de comer, não conseguia mais andar ou ficar de pé sozinha e dormia o tempo todo. Quando percebi à noite que ela chegou a esse ponto, fui procurar um missionário. Ao ver o estado da criança, ele começou a ministrar Johrei e a fazer orações. Antes de completar uma hora de Johrei, a criança começou a transpirar muito, abriu os olhos, o missionário chamou por ela, minha filha respondeu e conseguiu levantar-se sozinha. Fiz um donativo de gratidão conforme a orientação dada pelo missionário; depois disso, a criança pediu comida e comeu.

 Fui invadida pela gratidão à Deus e Meishu Sama por ter visto minha filha voltar à vida graças ao facto de começar a frequentar esta igreja.

 Para mim, esses milagres, pelos quais não esperava, sem cerimónias especiais, aconteceram para eu testemunhar que Meishu-Sama é o Messias tão esperado pela humanidade. Ele abençoa além de nossas expectativas.

 O meu compromisso é de me tornar membro para participar da salvação de outras pessoas. Eu faço o dízimo, assisto aos cultos, já encaminhei uma pessoa para a igreja.

 Agradeço ao Supremo Deus, ao Messias Meishu-Sama por permitir conhecer este maravilhoso caminho da salvação, e aos meus Antepassados por facilitarem a minha chegada a esta igreja.

Muito obrigada!

 Kambimbi Mireille

51 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Experiência de fé do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário