“… servir na Obra Divina é uma forma de agradecer pela vida…”

🙎🏾‍♂️Artur Monteiro Malungo | Região Norte-Sul- Johrei Center Ngola Kiluange

📍Província de Luanda

🇦🇴ANGOLA

Sou membro e dedico como assistente do grupo Terra.

 A experiência de fé que tenho a partilhar, está intrinsecamente ligada ao servir na obra divina.

 Em certo momento, comecei a questionar a igreja e a refletir sobre a razão de dedicar-me à obra divina. Essas indagações levaram-me a hesitar no cumprimento diário das práticas básicas. Posteriormente, participei de um intercâmbio jovem na província do Moxico, onde pude trocar experiências com outros jovens e dedicar-me intensamente. Durante essa peregrinação, não havia um horário fixo para dormir, mas sim para acordar, levantar e nos colocar à disposição do próximo através do serviço às outras pessoas.

 Observando jovens longe de casa e fora de suas zonas de conforto, envolvidos e felizes nas dedicações, decidi participar do intercâmbio no Moxico. Ao presenciar a alegria desses jovens, concluí que o sentimento de gratidão a Deus nos impulsiona e nos dá forças para os esforços em prol da Obra Divina, em união com nossos antepassados.

 Essa peregrinação reavivou a minha fé. Duas semanas após o evento, recebi a graça de um novo telefone. No mês seguinte, ao receber o meu salário, adoptei a prática de destinar 15% do valor como dízimo, uma vez que sou estudante trabalhador e não disponho de tempo para dedicar 10% do meu tempo diário a Deus, o que equivale a 3 horas. Surpreendentemente, no mês subsequente, experimentei um aumento salarial de 75%.

 Destaco as seguintes ocorrências:

 Compadecido com o sofrimento de alguns jovens na unidade, nas vésperas do culto do Natalício de Meishu-Sama no ano passado, preenchi o formulário de gratidão incluindo seus nomes. Orei e acompanhei-os nessa jornada. Por permissão de Deus e Meishu-Sama, dois tornaram-se membros e passaram a dedicar comigo no grupo Terra.

 Um outro jovem, conhecido como “Quiaborijo”, frequentava a igreja há muito tempo, mas o seu desejo de tornar-se membro era frustrado pela utilização imprudente do valor destinado à outorga. Mesmo após ser curado de uma doença respiratória grave pelo Johrei, persistiu no comportamento. Após uma visita à sua casa, onde com o Sonen de que os seus antepassados também entendessem, explicamos-lhe a importância de ingressar na fé messiânica, ele materializou o donativo de outorga, tornando-se membro e integrando-se ao grupo Terra.

Essa experiência reforçou a minha compreensão de que servir na Obra Divina é uma forma de agradecer pela vida e pelas constantes bênçãos e protecção recebidas de Deus e Meishu-Sama.

 Comprometo-me em continuar a formar pessoas úteis à obra divina .

Agradeço a Deus, Messias Meishu-Sama e aos meus antepassados pela permissão de despertar para o servir na Obra Divina.

Muito obrigado!

Artur Monteiro Malungo

44 Views

Partilhar amor

Procura mais alguma coisa?

Relacionados:

Ensinamento do dia
Reminiscência do dia
Ensinamento | Estudo Diário