Fátima Dende Wilson Sul – JC Cassequel II – Luanda – Angola
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Chamo-me Fátima Dende Wilson Sul, tenho 60 anos de idade, sou membro e por permissão do Supremo Deus e Messias Meishu-sama dedico como responsável de unidade. Conheci a Igreja Messiânica no dia 25 de Fevereiro de 2003.

Os motivos que estiveram na base do meu encaminhamento na Fé Messiânica foram:

  • Doenças;
  • Mortes constantes na Família; e
  • Conflitos familiares.

Naquela altura vivia fortes conflitos familiares, a ponto de cortar qualquer contacto com a minha família. A minha saúde era precária e as minhas filhas também adoeciam constantemente. Isso fez com umas delas falecesse o que agravou mais ainda o sofrimento. Naquela altura, senti como se o mundo tivesse caído sobre mim. Revoltada com toda essa situação, comecei a procurar solução e hospitais e casas de quimbanda gastando avultadas somas em dinheiro, mas sem qualquer resultado satisfatório.

Foi nesse quadro de sofrimento que conheci a Igreja Messiânica, ouvindo os maravilhosos milagres vivenciados nela. Assim aceitei o convite para a conhecer.

Na igreja fui recebida e ouvida pelo plantonista que depois de ouvir atentamente os meus sofrimentos, orientou-me o seguinte:

  • Receber 10 Johrei por dia;
  • Manter a flor de luz em casa;
  • Peregrinar aos locais de maior luz.

Com receio porquê na altura frequentava outra denominação religiosa, mas com vontade de ver os meus problemas resolvidos e sem muita saída passei a cumprir as orientações. Depois de algum tempo de recebimento de Johrei, tive um sonho em que me pediam para continuar na igreja, pois estava no caminho certo. Isso me fez ganhar mais convicção, e continuei a receber o Johrei. Com isso surgiram maravilhosos milagres em minha vida e na minha família. Para agradecer tornei-me membro pois queria que outras pessoas assim como eu conhecessem o poder do Johrei.

A experiência de Fé que passo a relatar aos senhores, está relacionada com o cumprimento da orientação de nessa altura de confinamento devido a pandemia que assola o mundo, passarmos a fazer oração de três em três horas, ministrar Johrei no lar, ler os ensinamentos e fazer limpeza profunda em casa.

Junto com a minha família coloquei em prática as orientações recebidas. Assim, logo na primeira semana comecei a purificar com conjuntivite acompanhada de hemorragia nos olhos, febres altas, gripe, tosse e dores de cabeça. Nessa altura lembrei que todos os sintomas que tinha eram realmente manifestação dos meus antepassados pois essa purificação causou muito sofrimento na minha família. Tanto na linhagem materna como paterna várias pessoas morreram com as mesmas doenças.  O meu pai partiu para o mundo espiritual com catarata, o meu avô e mais três tios eram cegos. Isso me deu força para acreditar que através daquela purificação eu tinha ganhado a permissão para limpar as máculas de todas as minhas linhagens e que era necessário purificar daquela forma.

Numa fase em que estamos confinados em casa, e os membros não podem se deslocar para fazer assistência, lembrei-me de uma orientação do Reverendo que fala da importância de transformarmos as nossas casas em lares de luz buscando incentivar a nossa própria família a servir na Obra Divina. Assim, pedi aos membros de casa para ministrar-me Johrei, e fazer a leitura dos ensinamentos de Meishu-Sama.

Após longo período de recebimento de Johrei, comecei a sentir grandes melhorias. A minha saúde se restabeleceu e a minha família ganhou força para passar a fazer as marchas de Johrei em casa.

Eu me sinto como nova depois dessa pesada purificação. Aprendi que Meishu-Sama é sem dúvida o senhor da Luz, e que em tudo devemos confiar e sempre lembrar que tudo é de acordo com a vontade de Deus.

O meu compromisso é continuar a me empenhar na salvação da humanidade e poder crescer espiritualmente juntos com todos membros e frequentadores do Johrei Center do Cassequel 2.

Os meus agradecimentos a todos.

 

Muito obrigada!

Leia também: